Caminhões serão pesados no AP para conter excessos e garantir segurança em BRs


Medida, chamada ‘balança em operação’, começa a valer na segunda quinzena de setembro, diz Dnit. Balança em operação será o novo trabalho do Dnit no Amapá
Jorge Abreu/G1
As estradas federais no Amapá vão receber um novo tipo de fiscalização para aumentar a segurança no trânsito. Caminhões de cargas serão pesados a partir da segunda quinzena de setembro com o objetivo de evitar excessos de peso durante o tráfego.
A iniciativa é do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e conta com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Para o trabalho, uma unidade móvel operacional vai percorrer os pontos com maiores fluxos de veículos de grande porte nas BRs do Amapá.
Fábio Vilarinho, superintendente do Dnit no Amapá
Jorge abreu/G1
Segundo o superintendente do Dnit no Amapá, Fábio Vilarinho, o peso regulamentado para caminhão de carga é 8,5 toneladas por eixo. O gestor destaca que o departamento, atualmente, trabalha em ações educativas e na divulgação do novo processo de fiscalização.
“Essa fiscalização tem duas finalidades. Uma delas é questão de segurança. Quando um veículo está com excesso de peso, é mais difícil manter controle. Outra, o excesso de peso diminui a vida útil das vias pavimentadas e não pavimentadas, como as pontes, e pode provocar acidentes”, disse.
Ao passar pela barreira, a equipe pede para o caminhão para sobre o sistema, que vai verificar o peso por eixo. Caso o veículo seja flagrado com excesso de peso, o Dnit aplicará penalidades ao condutor e/ou proprietário do veículo.
Entre as penalidades estão as multas, que podem ser mais altas que o valor da carga do caminhão, somado com o frete do serviço, além da retirada do peso excessivo. Futuramente, o Dnit pretende fechar um convênio com a PRF, que deve passar a ter autonomia na unidade móvel operacional.
Fiscalização contra excesso de carga vai contar com apoio da PRF
Jorge Abreu/G1
Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
Posted in G1