Condomínio recém-inaugurado em Itaquaquecetuba apresenta problemas estruturais e dificulta vida dos moradores


Espaço conta com 280 apartamentos e quase todos os blocos têm problemas. Moradores foram levados para lá há sete meses. Moradores de condomínio em Itaquaquecetuba somam problemas com a estrutura do prédio
Moradores de Itaquaquecetuba depositaram a esperança de uma melhorar de vida após sairem de áreas de risco e irem morar em um condomínio do programa Minha Casa, Minha Vida, mas não contavam que teriam problemas com a estrutura do local onde foram inseridos.
Ainda assim, ela continua pagando o condomínio e a prestação do apartamento. “Eu vou atrás deles para colocar a minha janela, que está faltando. Conto que está chovendo, entrando água e bicho, conforme eu tenho as fotos para provar, mas eles nada fazem. Às vezes até riem da cara da gente”, afirma a Regilene. a.
Ainda assim, ela continua pagando o condomínio e a prestação do apartamento. “Eu vou atrás deles para colocar a minha janela,que está faltando. Conto que está chovendo, entrando água e bicho, conforme eu tenho as fotos para provar, mas eles nada fazem. Às vezes até riem da cara da gente”, afirma a Regilene.
Uma vizinha da aposentada também está com trincas no apartamento. Fora isso, o mofo está espalhado pelo quarto, sala e banheiro. Uma situação que dificulta a saúde da filha pequena, de um ano. “Ela está com pneumonia e o médico disse que é por causa do mofo e de uma bactéria e que esta situação prejudica a saúde dela”, explica a dona de casa Scarlet Amanda Gomes Severo.
A área comum do condomínio também não escapa dos problemas. Um vídeo feito por uma moradora mostra a caixa d’água com vazamento.
Moradora mostra teto do apartamento mofado.
Reprodução/TV Diário
São cerca de 280 apartamentos e o problema na estrutura está em quase todos os blocos. O aposentado Raimundo Vieira conta que os problemas também atingem a moradia dele. “Nos dois compartimentos que são banheiro e cozinha”, conta.
A construtora responsável pelas obras do Lebani III informou que tem conhecimento dos problemas mostrados na reportagem e que os casos são tratados individualmente, com o apoio da Secretaria de Habitação de Itaquaquecetuba. A empresa disse ainda que mantém uma equipe de mão de obra no local para atender a demanda dos moradores.
Posted in G1