Frutas fazem bem aos cãezinhos? Confira quais delas podem fazer parte da dieta e quais são proibidas, segundo especialistas


Abacates e ameixas podem fazer mal aos peludos por terem muitas gorduras; maçã e banana são boas opções, mas devem ser servidas como petiscos. Cachorrinhos são loucos por banana e esperam a médica Bárbara oferecer com bastante animação
Bárbara Brito/Arquivo pessoal
Se você tem um cachorrinho louco por frutas, saiba que ele não é uma exceção do mundo canino. Os peludos são sim apaixonados por bananas, maçãs, e até por frutas menos comuns nas geladeiras, como os abacates ou carambolas. A boa notícia é que a frutose, encontrada nas frutas, pode sim integrar as dietas dos cães, mas algumas restrições precisam ser observadas; nem todos os tipos fazem bem, conforme alertam os especialistas.
Além das frutas gordurosas e extremamente cítricas fazerem mal ao organismo dos cães, as frutas consideradas do bem para a dieta deles não podem ser oferecidas como alimentação principal. De acordo com o veterinário Engelbert Veloso, o cachorro que se alimentar somente de frutas e verduras pode ter sérios problemas nutricionais.
“A fruta entra como petisco, em uma brincadeira, em alguma ação de obediência, como uma recompensa. Não deve ser alimentação cotidiana, uma vez que o animal precisa ingerir alguns nutrientes encontrados nas rações caninas. Ele não pode viver só de fruta e verdura de forma alguma”, afirma.
Preferências dos peludos
A médica Bárbara Brito está sempre atenta a alimentação dos pets e procura mesclar na dieta dos três cachorrinhos dela rações, frutas e verduras. Ela explica que eles adoram tanto frutas quanto verduras, mas que procura dar em dias da semana específicos para não fazer mal a eles.
“Os olhinhos deles ficam brilhando quando a gente oferece alguma fruta, principalmente banana e maçã. Amam mesmo. Mesmo assim, banana eu dou umas três vezes por semana, maçã cerca de duas vezes, e mamão quando eu e minha família comemos no dia a dia. A verdura eu costumo oferecer pelo menos quatro vezes na semana”, conta.
Segundo o veterinário, tudo certo com a dieta dos cães da Bárbara. Mas ele faz um alerta: no caso dos gatos, Engelbert afirma que as frutas estão terminantemente proibidas. “A alimentação do felino é exclusivamente carnívora, então qualquer tipo de fruta pode fazer mal. Não indico nenhuma delas a ser introduzida na dieta de um gato”, considera o especialista.
Eros também é apaixonado por bananas
Gustavo Petrone/ Arquivo Pessoal
Estão entre as preferências dos cãezinhos, geralmente, as bananas e maçãs. O veterinário explica que elas estão liberadas e fazem bem, mas devem ser oferecidas em pequenas quantidades. Frutas gordurosas, como abacate e ameixa, e cítricas, como laranja e abacaxi, estão proibidas. “Eles podem até gostar, pedir quando sentem o cheiro, mas não faz bem para eles, e não é bom oferecer”, diz.
O empresário Gustavo Petrone cuida de um bulldog francês chamado Eros. Ele diz que é difícil conter o bichinho e regular o que ele come, mas garante que ele adora banana e maçã. “Dieta com Eros é difícil. Dou mais maçã, melão, mas ele não gosta tanto. A preferida dele é banana, com certeza. Além dos petiscos com gosto de carne, eu dou as frutas pelo menos umas três vezes por semana, geralmente no café da manhã”, conta.
Frutas permitidas
Banana: Faz bem por ser rica em potássio e ter muitas fibras. É uma ótima opção para cães que gostam de comer muito e geralmente é a preferida deles, segundo os veterinários. Deve ser servida sem casca e em pequenas quantidades.
Maçã: É uma boa pedida para manter a glicemia dos bichinhos sob controle. A casca da maçã, principalmente, previne muitas doenças e faz bem. Alerta com as sementes, que podem oferecer toxinas aos cachorros. Por isso a maçã deve ser servida em cubinhos, sem sementes e sem talo.
Pera: Esta opção, apesar de ser um pouco mais cara, é docinha e deve agradar muito aos peludos. Faz bem por ser rica em vitamina A, mas também deve ser servida cortada, sem caroço ou talo.
Podem ser servidas com cautela
Manga: Eles vão adorar, mas o caroço e casca podem fazer o cachorro engasgar. Depois de descascar e deixar cortadinha, pode ser servida com moderação. Previne doenças degenerativas e é ideal para os animaizinhos com carências nutritivas. Alerta para a manga verde, que não pode ser dada a cadelinhas prenhas, porque pode ser abortiva, segundo veterinários.
Laranja: Esta opção pode fazer muito bem pelo alto potencial nutritivo, mas segundo os especialistas, é preciso verificar se o cachorro tem gastrite porque a laranja tem acidez e pode fazer mal ao estômago, além do risco de queimar a boca do animal. Deve ser servida sem casca, mas com pele e bagaço.
Frutas proibidas
Abacate: Rico em vitaminas, mas para os cães pode ser tóxico porque contém persina. Pode causar problemas intestinais por conta do alto índice de gorduras, de acordo com o veterinário.
Uvas ou ameixas: Sejam uvas comuns ou uvas passas, este tipo de fruta pode fazer mal aos cachorros. A fruta pode causar a eles problemas nos rins, segundo os especialistas. As ameixas também podem causar problemas ao organismo animal, sejam elas desidratadas ou não.
Carambola: Esta frutinha pode oferecer problemas aos rins dos cachorros. Não deve ser oferecida a eles.
Posted in G1