Índice de larvas Aedes aegypti coloca Rio Claro em estado de alerta para dengue


Cidade teve níveis altos todos os meses do ano e registrou a circulação de um tipo de vírus diferente. Rio Claro entra em estado de alerta por causa da dengue
Rio Claro (SP) entrou em estado de alerta por causa da dengue. O índice de Breteau, que mede a quantidade de larvas do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença, ficou acima do recomendado pelo Ministério da Saúde todos os meses deste ano.
Julho, que é mês de seca, teve um dos melhores índices: 1,1. Mesmo assim ainda está na linha de alerta que vai de 1 e 4. O pico foi em abril, que atingiu 3,1.
O índice é suficiente para que a cidade tenha um surto. A prefeitura tem feito um ação contra os criadouros e visita uma média de 1,2 mil casas a cada três meses.
A coordenadora do programa de combate à dengue, Maria Júlia Guarnieri Baptista, ainda faz um alerta. Os casos registrados nos últimos anos em Rio Claro são de dengue tipo 1 e 4, mas agora, o vírus tipo 2 está circulando na região e, se espalhar pela cidade, pode causar uma epidemia. “Podemos ter uma transmissão em massa”, afirmou.
Larvas do mosquito Aedes aegypti, que transmite dengue
Reprodução/TV Anhanguera
Sujeira
Um dos problemas tem sido a sujeira e lixo jogado em terrenos. No Jardim Guanabara, recipientes e todo tipo de criadouro de larva ocupa quase que um quarteirão e, segundo o presidente da associação de moradores, Edson Alexandre Locatelli, o problema é recorrente porque depois de limpo, as pessoas voltam a jogar lixo no local.
“Prefeitura fez a limpeza, mas não resolveu e o problema está voltando como era antes”, afirmou.
Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.
Posted in G1