PM que passou mal em curso do Bope na Bahia tem suspeita de morte encefálica; protocolo é aberto

Soldado está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Subúrbio, em Salvador, e teve quadro de saúde agravado nas últimas 48 horas. Um protocolo de morte encefálica foi aberto para atestar o falecimento do soldado Rafael Tourinho de Aragão, 32 anos, que passou mal durante um curso de formação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), na Bahia, segundo informações divulgadas pela Polícia Militar (PM) nesta terça-feira (31).
Posted in G1