Polícia investiga se igrejas furtadas em Camaçari foram invadidas pelos mesmos criminosos


Cinco templos foram violados de formas parecidas, o que levantou suspeita. Nenhum bandido foi preso ainda. Polícia investiga furtos ocorridos em cinco igrejas de Camaçari, em menos de um mês
A Polícia Civil de Camaçari, na região metropolitana de Salvador, investiga se as cinco igrejas que foram invadidas e furtadas na cidade foram alvos dos mesmos criminosos.
A informação foi divulgada nesta terça-feira (31) pela delegada Thaís Siqueira, titular do município. Os crimes ocorreram entre o dia 8 de julho e a segunda-feira (30).
De acordo com a delegada Thaís Siqueira, a forma parecida como as igrejas foram invadidas dá indícios de que os crimes têm relação.
“Eles entram pelo telha; os arrombamentos ocorrem durante a madrugada; sabem que na igreja tem o ofertório, a urna, que pode se encontrar algum dinheiro”, disse a delegada.
O caso está sob investigação. Ainda não há informações sobre a autoria dos crimes. A polícia busca por imagens de câmeras de segurança para tentar identificar suspeitos.
“Estamos levantando, justamente, imagens, tentar ver se alguma dessas igrejas têm câmeras, para que a gente possa seguir uma linha de investigação”, contou a delegada Thaís Siqueira.
Caso
Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe, em Camaçari
Giana Mattiazzi/TV Bahia
A Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe foi a última ser invadida. O caso ocorreu na segunda-feira. Durante a ação, as caixas de ofertório foram destruídas, e o dinheiro de doações que estava nelas foi levado. O valor não foi divulgado.
Os criminosos entraram no templo por uma janela localizada a cinco metros do chão e subiram por um andaime até o forro da igreja, segundo a assessoria de comunicação da Diocese de Camaçari.
Os outros casos ocorreram na Paróquia Santa Luzia, no bairro de Gleba C; na Catedral São Thomaz de Cantuária, no Centro; no templo da comunidade de São Cristóvão, no bairro do Limoeiro; en a igreja de Nossa Senhora Aparecida, no Parque Satélite.
A Paróquia de Santa Luzia foi invadida na última semana. A igreja é toda cercada por muros e tem cerca elétrica, mas ela foi quebrada. Os bandidos pularam e atravessaram uma plantação para ter acesso ao templo. Não há detalhes sobre os outros casos.
Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe, em Camaçari, é invadida e urnas são arrombadas
Divulgação
Paróquia de Santa Luzia, em Camaçari
Giana Mattiazzi/TV Bahia
Posted in G1