Prefeitura de Mogi suspende projeto de fiscalização móvel em mais 34 pontos da cidade a partir desta quarta-feira


Medida dividiu opiniões na cidade e até os vereadores foram contrários aos novos pontos de fiscalização. Ainda assim, cinco novos radares fixos serão instalados na cidade. Prefeitura de Mogi suspende a fiscalização em 35 novos pontos da cidade
A Prefeitura de Mogi das Cruzes mudou de ideia e suspendeu a implantação de novos pontos de fiscalização com radares móveis, que deveriam começar a multar a partir desta quarta-feira (1º).
A Secretaria Municipal de Transportes chegou a registrar a infração dos motoristas nestes pontos e enviar cartas orientando o condutor sobre os cuidados no trânsito e que aquele trecho seria um dos que iria receber a fiscalização móvel
O estudo foi feito em 34 pontos em 16 ruas e avenidas que a pasta usou pra monitorar e acompanhar o comportamento dos motoristas.
No dia 12 de julho, a maioria dos vereadores se mostrou contra a medida e a Câmara Municipal chegou a enviar um pedido de suspensão para o prefeito Marcus Melo.
Mesmo com o adiamento, a prefeitura confirmou a instalação de cinco novos radares fixos a partir do mês que vem. Dois na Avenida Francisco Ferreira Lopes, um na Avenida Júlio Simões, outro na rua Doutor Deodato Wertheimer e mais um na Avenida Prefeito Carlos Alberto Lopes.
Radares móveis passariam a multar motoristas em 34 pontos da cidade.
Reprodução/TV Diário
Posted in G1