Trabalhadores da Usina Santa Maria, em Porto Calvo, cobram salários atrasados


Pela manhã, mais de 300 funcionários fizeram um ato público em frente à usina. Trabalhadores se reuniram na frente da Usina Santa Maria mesmo com chuvas
Cícero Domingos/Fetar-AL
Trabalhadores rurais da Usina Santa Maria, que fica no município de Porto Calvo, estão cobrando pagamento de salários que estão atrasados há dois meses.
As informações foram divulgadas ao G1 pela Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados e Assalariadas Rurais do Estado de Alagoas (Fetar-AL).
A reportagem tentou falar com os responsáveis da Usina, mas não conseguiu.
Na manhã desta quarta-feira (31), mais de 300 funcionários realizaram um ato na entrada da unidade industrial. A Polícia Militar foi acionada.
“Sem contar com os salários atrasados da safra passada. Nem os acordos que estão na justiça estão sendo pagos pela Santa Maria. Sem receber, as famílias destes trabalhadores estão passando necessidade”, disse o presidente da Federação, Cícero Domingos.
Ainda segundo ele, uma audiência que estava prevista para hoje, na Justiça do Trabalho, na Comarca do município iria discutir novamente o problema, mas ela foi transferida para 8 de agosto.
PM acompanhou o ato pacífico de funcionários da Usina Santa Maria, em Porto Calvo
Cícero Domingos/Fetar-AL
Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Posted in G1